A causa da queda de cabelo na mulher

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos um soluço e a vontade, a letra da música popular brasileira é somente uma das inúmeras que remetem ao bem que toda mulher tem apego. Os cabelos das mulheres tem relação direta com a beleza, saúde, jovialidade e a autoestima. Não é a toa que a queda dos fios se torna um pesadelo no universo feminino – e o problema acontece com mais frequência do que você imagina.

É comum que caia de 100 a 120 fios de cabelo por dia, o que representa pouco para os aproximadamente 1000 a 15000 fios que uma mulher pode ter. Quando a queda é excessiva, os primeiros sinais ocorrem no box do banheiro, travesseiro e na hora de pentear, além das aparência que muda: madeiras enfraquecidas, fios sem vida e quebradiços.

queda de cabelo feminina

Entre as mulheres, cinco fatores são os principais causadores da queda de cabelo. São eles: predisposição hereditária, falta de nutrientes ou saúde em geral, gravidez ou amamentação e químicas agressivas ao cabelo como químicas e utilização excessiva de calor (secadores de cabelo, chapinha, baby liss e outros).

Quando o problema é a predisposição hereditária é comum que a queda de cabelo apareça em idades mais avançadas, a partir dos 50 anos.  Nestes casos, um gene em especial cria uma condição de sensibilidade que facilita a perda dos fios, o mesmo acontece com os homens que têm calvície, por exemplo. A diferença é que, nas mulheres, as falhas no cabelo são mais raras, mas quando acontecem,  causam mais danos para a autoestima.

A falta de nutrientes e saúde em geral também acomete muito as mulheres. Uma alimentação não equilibrada, rica em industrializados, pobre em nutrientes somado a uma rotina de estresse ou problemas de ansiedade são o estopim para que os fios percam a força, os hormônios se desregulem provocando oleosidade, caspa e irritações no couro cabeludo.

A gravidez e amamentação, por sua vez, são momentos específicos da vida da mulher que exigem muito do organismo para garantir a nutrição do bebê. As consequências são sentidas diretamente na beleza dos cabelos da mãe, que sem a quantidade de substâncias adequada,  não tem força para manter a vitalidade dos fios, unhas e nem o brilho da pele.

Por último, a alteração da estrutura natural dos fios também se torna muito perigosa para quem muda os cabelos com frequência. Alisamentos, tintura, descoloração e uso excessivo de calor podem causar reações indesejadas no couro cabeludo, aumento da oleosidade e dificuldade de hidratação.